quarta-feira, 2 de maio de 2012

Pé na Bola ou pé no chão


PÉ NA BOLA OU PÉ NO CHÃO



Tenho 12 anos de idade
Tô curtindo minha puberdade
Meus pais vivem a me chatear
Não entendem minha realidade

Ficam me mandando estudar
Como se tivesse necessidade
Se eu vou ser jogador de futebol
Pra que eu quero escolaridade?

Tenho 15 anos de idade
Vou fazer teste pra atacante
Tô atrasado na escola
Mas serei um bom centroavante

Mostrei um futebol maneiro
Rendi até como zagueiro
Joguei bem o tempo inteiro
Mas para o maldito olheiro
Eu não dou nem pra goleiro

Vou continuar tentando
Não vou parar de jogar
Aulas estarei faltando
Mas eu vou me dedicar

Aos 18 anos te falo
Tenho minha emancipação
Com os pés cheios de calo
Sem nenhuma profissão

Encontrei quem procurava
Me apaixonei pela May
Quando eu menos esperava
Descobri que vou ser pai

Só tenho 25 anos
E já não tenho sossego
Com família pra sustentar
Eu continuo sem emprego

Talvez eu aprenda uma profissão
Caso eu volte a estudar
Aumentaria minha condição
De fazer a vida melhorar

Hoje eu tenho 30 anos
Tempo para estudar
Agora não tenho mais
Estou me matando de trabalhar
Porque não escutei meus pais?

Meu filho tem 12 anos de idade
Está curtindo sua puberdade
Acha que eu vivo a lhe chatear
E que não entendo sua realidade

Fico o mandando estudar
Mas ele não sente necessidade
Porque quer ser jogador de futebol
E não precisa de escolaridade


Diego Damasceno

9 comentários:

  1. Nossa.. sabe o que isso me lembrou? Como nossos pais de Elis Regina o trecho que diz assim:
    "Ainda somos os mesmos
    E vivemos
    Como os nossos pais..."
    Nós sempre achamos que somos diferentes, que os tempos são outros, mas inventamos as mesmas desculpas que eles inventavam para os pais deles e assim por diante. Quando jovens, achamos que temos o mundo nas nossas mãos e só depois, caímos na real e vemos o quanto perdemos tempo e a vida inteira nós nos lamentamos por ter perdido tempo e perdemos ainda mais (confuso?).
    Parabéns pelo post.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi confuso não. Entendi o que vc quis dizer. rsrsrs! Vlw pelos parabens. Bom saber que eu ainda to merecendo. Quanto mais o tempo passa, mas dificil fica manter a qualidade do Blog. Abraco, Srta. Otero!

      Excluir
  2. Reflete bem a realidade de parte da nossa sociedade...

    Sempre os jovens são inexperientes, mas acham que sabem de tudo. Acham que com toda sua energia vão "levar o mundo nos peitos" e resolver tudo. Doce ilusão.

    Como você conta no poema, isso se repete, passa de pai pra filho. Quando percebem, já é tarde...

    Parabéns pelo poema!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Wellington. Nesse poema eu concretizei a minha intenção de falar sobre vários problemas, principalmente a consequência da falta de estudo. Ainda bem que o poema agradou, pois eu sempre tenho medo de me arriscar com versos. Vlw!

      Excluir
  3. O velho ciclo da sociedade aleinada por televisão consumismo e moda. o ciclo decadente da sociedade brasileira pobre. É o sistema...

    ResponderExcluir
  4. Muito bom msm Diego...Parabéns!!! (só ñ gostei dela s chamar "May",rsrs)

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkk! Obrigado May. Eu confesso que eu lembrei de vc e de uma outra amiga por causa do apelido no momento em que estava compondo. Um grande Bjo!!

    ResponderExcluir

Google+ Followers

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...