segunda-feira, 26 de setembro de 2011

A vez das negras

        Antes que vocês inventem de rodar aquele botãozinho do mouse ou de segurar a barra de rolamento para olhar o tamanho da postagem, pra saber se vai ler ou não, fiquem logo sabendo que a postagem é boa e curta. Não precisa ficar com preguiça de ler, ela só está grande porque tem muita imagem.


Quem falou que "preto não tem vez" está claramente enganado. (Enfim  consegui usar o termo "claro" para alguma coisa ruim. O "escuro" já sofreu muito) A mulher mais bonita do mundo é da raça mais discriminada e do continente mais pobre. A belíssima angolana Leila Lopes, de 25 anos, tornou-se a terceira Miss Universo negra da história (Se alguém descobrir mais uma Miss Universo negra, por favor, faça um comentário informando), deixando para trás a maravilhosa Ucraniana Olesya Stefanko e a deslumbrante brasileira Priscila Machado. A primeira negra a vencer a competição foi a Trinitina Janelle Commissiong, em 1977 (Pra quem não sabe, Trinitina é aquela que nasce em Trinidad e Tobago).
Olesya Stefanko, Miss Ucrânia
Priscila Machado, Miss Barsil

Natália Rodrigues,
Miss Argentina
Apesar da vitória, Leila Luliana da Costa Vieira Lopes (Parece um nome brasileiro né? É que a Angola foi colônia de Portugal, assim como o Brasil) foi ameaçada de perder seu título de Miss Universo porque, segundo uma reportagem de um jornal argentino, Mukano Charles, o promotor de eventos que organiza o Miss Angola/Reino Unido e Miss Angola/Portugal, é suspeito de ter falsificado documentos para a participação de Leila no concurso. Tinha que ser um jornal Argentino! Na minha opinião, isso é inveja por terem ganho o concurso apenas uma vez a quase 50 anos atrás. Quem eles queriam que ganhasse? Maradona? A Miss Argentina é que não vai! Com aquele rosto estranho, ela está mais pra "Misspanta"!
Leila Luliana, Miss Universo 2011

Quando eu quase estava dando razão a quem disse que "preto não tem vez", a organização do Miss Universo resolveu confirmar a vitória da angolana. Até pra vencer o negro tem que sofrer...
Bom mesmo seria se a Angolana mostrasse o "Kuduro" durante a apresentação. Ela ganharia com mais facilidade.

Taís Araújo



Eu só queria deixar confirmado (pra não ter que dizer "esclarecido") que eu sei que esse não é um tipo de assunto que eu costumo tratar aqui no Dizendo o que quer!, mas o nome do Blog é Dizendo o que quer! justamente para eu poder dizer o que quiser. E também porque eu não poderia perder a oportunidade de falar e colocar fotos de um monte de mulher bonita aqui (E, pra ser bem sincero, as fotos são o único motivo de estar falando sobre isso).
Espero que agora a mulher negra ganhe o espaço que ela não tem. Por exemplo, na televisão brasileira, vocês já viram alguma novela protagonizada por uma mulher negra? Eles só deram chance uma vez a Taís Araújo mas, só pra sacanear, o nome da novela é "Da cor do Pecado". Negra em novela é contada e, geralmente, faz o papel da empregada. Negro só é maioria em novela de escravo. E o que vocês acham de "Escrava Isaura"? Quando finalmente a novela é protagonizada por uma escrava, a escrava é branca! As dezenas de negros que aparecem nessa novela são coadjuvantes ou figurantes que aparecem como plano de fundo de alguma senzala. Os coitados sofrem a novela toda, e só tem um pouco de alegria quando estão num quilombo que ainda não foi atacado.
Desses poucos negros que aparecem nas novelas, a grande maioria é coadjuvante. Nem precisa procurar um histórico de novelas para saber. Façamos melhor... Que tal um teste? Se você costuma assistir as novelas da Globo, diga o nome desses atores. Ainda não achei ninguém que acertasse mais de quatro. Agora tentem acertar o nome dos atores brancos da imagem abaixo. Ainda não achei ninguém que errasse mais de quatro.

Conheço várias negras que merecem muito ter sua beleza valorizada. Acredito que a vitória de Leila sirva de incentivo para que a beleza negra seja tão valorizada quanto a beleza branca. Eu ainda quero votar, em no máximo 24 anos, numa mulher negra como presidente da república e vê-la eleita.


Obrigado a Ivy Coelho por ter me incentivado a falar sobre o assunto!



GOSTOU DA POSTAGEM? ENTÃO TORNE-SE UM SEGUIDOR!
Em "Seguidores", embaixo de "Total de Visualizações de Página", clique em 
"Participar deste site". 

9 comentários:

  1. Verdade, até pra ganhar o negro precisa sofrer. Isso é triste, mas torna a vitória mais saborosa, lembre disso.

    Espero que essa menina curta muito seu título.

    Grande sacada a sua no final do texto, na parte dos atores negros e brancos. Confesso que me enquadro (infelizmente) na estatística que você colocou. Até conheço o rosto dos atores, mas os nomes eu não sei de quase nenhum.

    Você escreveu um texto interessantíssimo, ainda mais na parte que fala das novelas "Escrava Isaura" e "Da Cor do Pecado".

    Parabéns pelo texto, ficou ótimo!

    P.S.: Também espero ter pelo menos a oportunidade de poder optar em uma candidata negra e mulher para a presidência do Brasil um dia.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. adoreeeeeeeei o post! Vc foi tão honesto no comentário acima do post hauhaua.
    Procure na internet a merda que John Mayer falou das negras.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Kd os posts do Dieguito? Tô aguardando as polêmicas rsrs

    Abraço, irmão!!!

    ResponderExcluir
  4. show de bola cada dia leio seus textos e vejo que ainda há esperaça axé querido!

    ResponderExcluir
  5. "E o que vocês acham de "Escrava Isaura"? Quando finalmente a novela é protagonizada por uma escrava, a escrava é branca! "


    Mas é claro que a escrava é branca! Na verdade nem branca, mestiça... Escrava Isaura é um livro, a novela é uma adaptação e o livro e um livro que marcou uma geração e tornou Bernardo Guimarães muito famoso. É um livro abolicionista que fala da hipocrisia entre os senhores de escravos e a liberdade.
    O autor mostrou que mesmo a mulher sendo branca, só por causa da sua origem negra era tratada como as outras escravas negras e aí ele conseguiu cutucar a sociedade afinal uma branca estava sendo tratada como uma negra...
    Enfim, ótimo post mas deu uma escorregada nisso aí. Pelo menos na minha opinião.

    ResponderExcluir
  6. Lavínia, vc novamente! Comentou muito hj, heim? Vc não faz ideia do quanto eu me sinto recompensado com essa sua atitude. É muito legal quando as pessoas comentam minhas postagens, seja contra ou a favor. Bem, entrando no assunto, como eu tava falando de televisão, eu tomei como base e novela que passou na TV e não o livro. Na TV, a escrava é Branca e em poucos momentos foi tratada como uma negra comum. Só Leôncio, o vilão da novela, que a tratou como uma escrava qualquer. Mas ela era mais prendada e educada do que muita senhoria branca na novela. Como eu queria transmitir a descriminação existente na TV eu usei apenas o que foi transmitido pela TV. Mas vc não está errada. Vc só está dizendo o que o livro te passou. E eu tbm não me considero errado, eu só estou falando sobre o que a Televisão me passou. Vc sempre traz uma nova forma de ver as coisas nos seus comentários, isso é muito legal! Vc é blogueira tbm? Se não for, deveria ser. Vc faria ótimas postagens. Se for, passa o endereço que eu quero ler. Deve ter muitos textos bons lá!

    ResponderExcluir

Google+ Followers

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...