domingo, 3 de julho de 2011

Mulher nova, problema velho!

Estou aqui hoje só para chamar atenção de algumas pessoas que andam fazendo algumas loucuras desnecessárias. Mas, com certeza, não são apenas eles que fazem, fizeram ou farão o mesmo, então, eu acho que essa postagem servirá à muita gente.

Eu conheci um casal de namorados com uma diferença de idade um pouco incomum: O homem tinha 22 e a mulher tinha 13. É isso mesmo que você leu, 13! Na cara de pau, perguntei a ele se o fato dela ser muito nova não atrapalhava o relacionamento. Ele me respondeu com aquela velha frase: "O Amor não tem idade!". O amor pode até não ter idade, mas a pedofilia tem. O que será que passa na cabeça de um indivíduo desse? Provavelmente, nada. Cabeça vazia explicaria o porque ele se meteu num problema desse tamanho.
Mirela Santos aos 13 anos. Mas não é dela
que estou falando. Ela é só um exemplo de
uma garota bonita com 13 anos.
Para entender melhor o que eu quero dizer, imagine que você tem uma filha de 13 anos, linda, bem cuidada com todo amor, carinho e muita dedicação. De repente, aparece um marmanjo de 22 anos, cheio de barba na cara, que você não sabe nem de que ventre saiu, querendo tirar a sua filhinha de você com uma conversa enrolada de que está apaixonado e que sua queridinha é tudo pra ele.  Sinceramente, você entregaria sua filha a esse cara? Um homem de 22 anos, muito provavelmente, não é mais virgem e, mesmo que fosse, não ia mais querer ficar só de beijinho. Mas cedo ou mais tarde ele vai querer estrunxar, sendo que, nesse caso, a estrunxada será sua filhinha. Na pior das hipóteses, que é a que costuma passar na cabeça dos pais, a menina será estrunxada, embuchada e abandonada. É isso que vocês querem para a filha de vocês? Não? Então vocês seriam contra a esse namoro. Se não desse para evitar o relacionamento, a alternativa que resta é colocar na cabeça dela o que deve ser feito, ou melhor, o que não deve ser feito. O problema maior mesmo é convencer o marmanjo a não colocar a cabeça nela. É o mesmo que dizer a um pinguço que ele não deve tomar cachaça, não costuma adiantar muita coisa. Geralmente, para uma garota de 13 anos, a carne é fraca e, a cabeça, é mais fraca ainda (Me refiro, dessa vez, a cabeça de cima).
Vê se não esquece!
Conheci dois finais de histórias que começaram iguais a essa. No primeiro caso a menina dá... No segundo também. A diferença é que, no primeiro caso a menina aceitou um relacionamento sexual do jeito que o namorado queria. Eles foram sem camisinha, e ficou combinado que ela tomaria as pílulas do dia seguinte que ele comprou. A irresponsável, carregando essa característica muito comum na sua idade, esqueceu de tomar as pílulas e disse para o namorado que tinha tomado. Depois de 9 meses ele viu o resultado. Ameaçado pela família de ser denunciado a policia como pedófilo e de ser espancado pelos amigos da garota, ele foi forçado a assumir o filho e morar com a garota como numa União Estável que, provavelmente, será instável, fazendo com que a garotinha perca sua infância e sua felicidade.
Culinária de mulher traída
No segundo caso, a menina não aceita um relacionamento sexual com o namorado, mesmo com a insistência dele, o que acabou incentivando o idiota a cometer o pecado do adultério (Eu sei que eu disse que a menina dá nos casos... Calma aí, que ela ainda vai dá). A menina descobre e procura se vingar. Nesse episódio, o marmanjo aprendeu que de mulher traída até o diabo tem medo. Ela chama o cara pra transar, deixa ele feliz da vida, e depois vai para a delegacia acompanhada da família para fazer a denúncia e, posteriormente, em exame que comprovaria que ela foi molestada. Até o marmanjo explicar que Nicurí é Coco, ele sofreu o pão que o diabo amassou e, todo mundo onde ele mora, acha que a história da menina é verdadeira.
Sobre namoro de adultos com jovens menores de idade entre 14, 15, 16 e 17 anos, os adolescente tem a capacidade de consentir com a transa. Portanto, se for consentido, o adolescente pode transar mesmo que seja menor. No caso do adolescente com menos de 14 anos, ele é considerado incapaz de consentir com a transa, mesmo que ela diga que fez porque quis. Transar com uma menina dessa idade é considerado estupro com violência presumida, um crime hediondo.
O que eu quero dizer com tudo isso, é que devemos evitar esses tipos de problemas. Para começar, não se deixe envolver intimamente com garotas novas demais, a não ser que ela seja da família (Se bem que tem uns desnaturados que nem ligam para isso). Problemas podem ser tratados, assim como podem ser evitados. Pedofilia é crime grave e um dos mais repugnados pela sociedade. Que Deus ilumine e ajude aquele casal de 22 e 13 anos para que tudo dê certo e que eles sejam muito felizes juntos.


GOSTOU DA POSTAGEM? ENTÃO TORNE-SE UM SEGUIDOR!
Em "Seguidores", embaixo de "Total de Visualizações de Página", clique em Seguir. 

LEIA MAIS SOBRE OUTROS PROBLEMAS QUE ENVOLVEM A SOCIEDADE:

16 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkk Isso é muito normal aqui em salvador mesmo! O pior que em muitos casos quem dá (nesse sentido mesmo) a ideia de transar é a menina menor! Isso tem muito haver tbm com o post do pagode. As crianças já crescem acostumadas com a banalidade do sexo, ouvem de amigas que já fizeram, provocando a curioosidade. Ai já viu né pai vei...

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente, adorei os textos, mas gostaria de resaltar pequenos detalhes partindo de uma visão jurídica.
    1° . Acredito que seja 16 e não 14 e abaixo vc vai saber por que digo isso.

    2° O código civil brasileiro personalidade da pessoa e dividida em 3 partes; no primeiro, os absolutamente incapazes que são aqueles em idade menor que 16 anos, que toda responsabilidade é dos pais ou de um tutor.( são os que não tem voz); no segundo, são os relativamente incapazes os que tem idade maior 15 e menor que 18 e que são assistidos pelos seus pais ou tutores.( a quele que em juízo será ouvido e a sua palavra será levada em consideração); em terceiro os capazes que são os maiores de 18 que assume a responsabilidade de seus atos...

    ResponderExcluir
  3. Outra coisa nunca mais vou comer pão...
    Kkkkkk

    ResponderExcluir
  4. Que bom que vc gostou e obrigado pela parte juridica. Eu tinha pesquisado, e achei 14. Mas foi bom vc colocar isso em pauta aqui. Se alguém souber sobre o assunto, por favor, comente esclarecendo essas questão da idade.

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto...adorei o pão...onde vende?
    quero váriossss...kkkkkkkkkk
    Bom...Os homens de hj,gostam de meninas cheirando a leite,quanto mais novas,mais é o desejo...
    Tem tbm o problema da criação... O modo que a garota se comporta, de se vestir,de escolher as amizades e tal...a maioria das famílias não estão se preocupando com isso,pois as garotas usam shorts curtos,mine saia,andam quase nua,chamando a atenção dos rapazes,fora que tem umas que são super dotadas...de 13,14,15 anos que os homens acham que tem mais idade...quando vai ver a idade,já está interessadooo...aí ja era! Não estou defendendo os homens, mas tem casos assim... No meu tempo eu andava de maria chiquinha...vestido rodado longo...como uma criancinha mesmo...10,11,12...brincava de boneca...hj as meninas só brincam falando de namorado. Não justifica os homens cometerem a pedofilia, mas a carne é fraca. Tem situações que podemos evitar o perigo... Minha mãe não me deixava atoa pela rua... Eu não saía com estranhos, e ela tbm não confiava em ninguém pra tomar conta da gente, anão ser tias e avós. Sempre ficando de olhos bem aberto nos seus filhos...criança apronta e qualquer um engana tbm... rsrs

    ResponderExcluir
  6. Meu comentário foi feito apartir do civil código.

    são logo nos primeiros artigos que fala sobre personalidade...

    ResponderExcluir
  7. Que pão feio hahaahua. To chocada!
    Eu não tenho uma opinião formada sobre esse assunto ainda. Primeiro pq no fundo eu acredito que amor vê idade. Segundo pq eu acho que as pessoas podem confundir o tipo de sentimento. Quando um cara "pega" uma menina de 13 anos, por exemplo, eu não acredito que exista amor, eu acredito que pode existir um desejo sexual, ate pq esses relacionamentos geralmente não vingam. E eu tenho uma visão romântica de que se existe amor é pra vida toda. é como amor entre pais e filhos. Não acaba!
    E já que é só vontade de "pegar", pegue alguém com maior idade.

    ResponderExcluir
  8. falo isso por experiência própria. O meu namorado atual foi meu único namorado. No inicio eu não gostava dele, mas eu aprendi a gostar quando fui conhecendo melhor e hoje posso dizer que o amo.
    Ai me vem um marmanjo que conheceu uma menina de 14 anos ontem, e vem falar de amor a primeira vista? Não acredito nisso.

    ResponderExcluir
  9. Edgleisson, o meu conteúdo foi a partir do Código Penal. Das duas, uma: Ou um de nós dois pesquisou errado, ou descobrimos uma das muitas contradições existentes na lei.

    ResponderExcluir
  10. Concordo com Taís! As crianças e adolescentes vitimas de pedofilia ou que se relacionam com gente muito mais velha, geralmente, não são orientadas pela família ou recebem orientação insuficiente. Fiquem de olho nos seus cordeirinhos que as raposas estão a solta!

    ResponderExcluir
  11. Concordo também com a Srta. Otero! Eu acredito que o amor tem idade. Não vejo relacionamentos como esses exemplificados no texto darem certo. O que eu vejo mesmo são marmanjos correndo atrás de corpos lindos comandados por mentes imaturas, o que facilita a conquista. É como ir no açougue comprar Filé Mion pelo preço do chupa-molho.

    ResponderExcluir
  12. Questão importante essa que você levantou... Isso ocorre muito mesmo por aqui, como disse Riad no 1° comentário. Isso é falta de amturidade, na minha opinião. Também concordo com Adriana. Acho que quando uma pessoa do sexo masculino que possua mais de 18 anos (o que não significa que ele seja um homem, pois pra mim homem tem um significado que agrega mais de uma "idade", como matur"idade" e responsabil"idade") busca um relacionamento om uma menina (eu disse ME-NI-NA) de 13 anos isso pode ter muitas causas... eu só duvido que uma dessas seja amor...

    Pedofilia é coisa grave, e é como você disse Diego, acho que as pessoas podem evitar um problema como esse.

    ResponderExcluir
  13. O que eu tenho percebido é que os homens tem PREFERENCIA pelas meninas mais novas. Além de não evitarem, eles ainda correm atrás. No Funk, por exemplo, muitas letras de música as mulheres cobiçadas são chamadas de "novinhas". Presume-se, obviamente, que se trata de mulheres muito jovens, até adolescentes.

    ResponderExcluir
  14. concordo plenamente com a Tais..... Os pais acham lindo as filhas com tudo de fora dançando no meio da rua, ...ate porque essas meninas não são criancinhas e não são tão inocentes assim, pois sabem exatamente o que estão fazendo e como estão se comportando.Lamentável

    ResponderExcluir
  15. Tenho atualmente 19 anos mas conheci meu noivo quando tinha 17 anos de idade, ele já era maior de idade com 21 anos e ele sempre me respeitou. A minha mãe conheceu meu pai com 16 anos de idade e ele já tinha 28 anos, se casaram quando ela já tinha 17 e idem ao meu caso; ele sempre a respeitou e a amou muito.
    No interior da Bahia, principalmente quando estamos no sertão baiano é muito comum ver mulheres novas se casando cedo com homens mais velhos, é quase cultural.
    Enfim, nunca fui uma menina que gostou de pagode (seja ritmo ou letra) nunca sai de casa o tempo todo, nem tive amizades ruins, nem sai por aí rebolando... nada do que estão dizendo nos comentários anteriores e minha mãe veio de uma família muito rígida e portanto também não se aplica a esses casos.
    Generalizar é feio!
    NO ENTANTO, homens maiores de idade que estão com meninas menores de 15 sem nenhum tipo de intenção duradoura são nojentos e merecem ser enquadrados e antes de tudo nós quando vemos isso precisamos denunciar sim!
    Só mais uma coisa, aqui no interior, norte e sertão baiano eu vejo MUITAS meninas se CASANDO com 15 anos de idade para cima, novas (como eu e minha mãe) e é tudo muito aceito. Culturalmente aceito e principalmente religiosamente aceito (vejo muitas igrejas evangélicas que preferem casar as meninas logo antes do fogo acender haha)
    Gostaria de saber a opinião do autor do blog que parece ser bem sensato a respeito disso.


    Cheiro ;*

    ResponderExcluir
  16. Olá Lavínia. É um grande prazer ter a sua presença aqui nos comentários do "Dizendo o que quer!". Concordo com vc: GENERALIZAR É FEIO! Talvez eu tenha pecado em não ter lembrado da cultura do interior, que realmente acontece da forma que foi relatada por vc em seu comentário. Como eu sou da cidade grande eu errei em apenas passar da forma como acontece aqui. Talvez eu esteja enganado, mas no interior as pessoas parecem ter um forma de pensar menos malicioso que a população urbana. Não estou querendo com isso justificar o casamento de mulheres com menos de 18 anos ser comum no interior, mas pode ser um fator que facilite. É claro tbm que existem casos que dão certo. Não considero o seu caso, Lavínia, como um desses, pq eu não acho que 17 para 21 anos uma diferença tão grande assim. Foi por isso que eu usei um exemplo de 13 e 22 anos de idade. O que eu quis dizer é que isso deve ser evitado. Se rolar o amor verdadeiro, legal! Aí vai existir o respeito e o tempo certo para cada passo chegará pacientemente para os dois lados. Mas foi muito legal da sua parte Lavínia, ter chamado a atenção para esse ponto de vista. É por isso que eu gosto de fazer postagens polêmicas, pq eu aprendo as coisas de várias angulos a partir dos comentários feitos por gente inteligente como vc. Obrigado e continue comentando.

    ResponderExcluir

Google+ Followers

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...